sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Um Ano Louquejando em Papua Nova Guiné

"O que destrói um homem mais rapidamente que trabalhar, pensar e sentir sem uma necessidade interna, sem um profundo desejo pessoal, sem prazer - como um mero autômato do dever?"

Nietzsche, em O Anticristo

Estava eu entretido observando a ordenação simétrica de um conjunto de formigas quando, ao retornar à realidade sentindo o chão a tremer em função da fúria da mãe terra, percebi que o tempo passou e este espaço de voyeurismo pós-moderno estava completando um ano de existência.

Pois seja: um ano louquejando com chá! Meu alter ego não imaginava que isso fosse possível. Assim como ocorrem nas empresas Impávido-colossensses, que em geral findam cedo, igualmente os web-blogs espalhados na Grande Rede também têm vida curta. Ocorre que para o tipo homem a persistência é uma virtude pouco desenvolvida pois, na verdade, ele promete ser melhor, mas esquece.

E, pensando em todo este estado de coisas, um louquejar ocorreu-me: como, na verdade, este blog é um anti-blog que difere significativamente dos que se encontram por aí. Aqui os textos são longos e com devaneios, divagações, reflexões, inflexões, pré e pósflexões e ocorrem poucas publicações ao longo de um mês (imagina, caro leitor, vários louquejares ao dia, não há chá que sustente!). O texto é rebuscado e não pretende esclarecer o nobre leitor, tampouco ser amigável, claro ou objetivo. Meu alter ego escreve com o coração e quem assim o faz escreve antes de mais nada para si mesmo e não para outrem.

Ao pensar, porém, que alguns leitores já manifestaram algumas dúvidas e, devido a emoção da data, resolvi num gesto altruísta responder às perguntas freqüentemente realizadas e, assim, trazer respostas a um mundo que anseia por objetividade e superficialidade.


#
O seu alter ego realmente toma chá com pimenta ao escrever os posts? E por que Papua Nova Guiné?

R: Sim, tomo-lo. Senão fisicamente, em meus louquejares. E Papua Nova Guiné é um local mágico, como as Ilhas Bermudas, Pasárgada ou a Ilha de
Lost.

#
Qual o sentido do blog?

R: Aliviar a tensão da estupidez ordinária do estar-vivo ao mesmo tempo que ocupo o meu tempo com coisas realmente importantes, como louquejar ou devanear.

# Por quê o seu alter ego utiliza o termo Impávido Colosso para se referir ao Brasil?

R: No hino nacional, o alter ego brasileiro se autodefine como és belo, és forte, impávido colosso. Como aqui quem escreve não sou eu, mas meu alter ego, nada mais apropriado que se referir diretamente ao alter ego tupiniquim.

# Por quê ao término de cada post há a saudação "namaste"?

R: Porque assim o quer o espírito de gravidade.

# O seu alter ego é contra a democracia?

R: Não, sou plenamente a favor. Porém apenas a legítma democracia, que é a democracia grega. O modelo democrático atual é falso sob qualquer ângulo que se analise.

# Chá com pimenta é na verdade uma metáfora para psicotrópicos?

R: Chá com pimenta é o supra-sumo da psicotropia com uma dose cavalar de louquejares.

# Como acontecem os louquejares que dão origem aos posts?

R: É um processo semelhante ao recebimento de espíritos por pais-de-santo. Como se sabe, os espíritos estão por aí vagando querendo ser recebidos por entidades. Da mesma forma, louquejares também estão por aí, mas é preciso estar disposto a recebê-los. E, ao recebê-los, não temê-los; e sim transcendê-los.


Com tais respostas, meu alter ego espera esclarecer o nobre leitor e diminuir suas dúvidas a respeito do que aqui encontra. Caso ainda existam questões, mande-mas que, talvez, no próximo ano meu alter ego as responderá.

Namaste!

6 comentários:

Tiago Soldá disse...

O que é psicotropia? :o)

Belo texto. Guarda esse chá... tomaremos jogando sinuca. Claro, depois da cerveja beeeem gelada, que é pra regular a lenta.

Seguimos na nossa existência inútil!!!

Adriana disse...

Parabéns, um brinde num cházão pro primeiro ano do blog!!!
A parte que mais gostei do post é quando falas que um louquejar anda por aí, à espera de ser recebido, mas é preciso estar disposto a recebê-los. E, ao recebê-los, não temê-los; e sim transcendê-los.
Acho que esse é o melhor espírito do blog, por falar em espírito hehehehe
Você realmente impregna de criatividade seus posts, mesmo que eu discorde de alguns contiúdos hehehe, é admirável a sua trasncendência sobre esses louquejares errantes que andam por aí à espera de serem alcançados.
Feliz ano novo, seu Walter (ego do Claudio)!
Namastê!

Advocatus Diaboli disse...

Psicotropia é a ciência que estuda a arte dos efeitos psicotrópicos no homo sapiens sapiens...

E estou esperando esta sinuca, para tentar recuperar o escore da partida da ida.

Abraço!

Advocatus Diaboli disse...

Adriana, eu sabia que gostarias da parte de espíritos... acredito que, para ti, também funcione de forma semelhante, afinal o processo de criação artística também exige uma abertura de consciência para o que está além do ordinário.

Beijos!

Tiago "El pibe" Soldá disse...

Atualiza o blog Kinzel! Faz falta um louquejar de vez em quando... ainda mais que eu só falo de futebol, ehhehehe.;

Abraço!

Advocatus Diaboli disse...

Blog atualizado! E agora com excelentes opções para as eleições vindouras!